“We are all Garimpeiros:” Settlement and Movement in Communities of the Tapajós Small‐Scale Gold Mining Reserve

“We are all Garimpeiros:” Settlement and Movement in Communities of the Tapajós... Este artigo aborda o papel da mineração de ouro em pequena escala na urbanização da Amazônia brasileira, enfocando os processos locais em dois assentamentos de mineração na Província Aurífera Tapajós. Nossa análise revela três tendências na mudança de mobilidade para permanência. Em primeiro lugar, evidencia‐se que, ao longo dos anos, os assentamentos de mineração irregulares cresceram em aldeias formalizadas. Mobilidade e permanências temporais, características tradicionais de mineração de ouro em pequena escala, gradualmente, dá lugar a estadias mais longas em assentamentos de mineração. Fatores cruciais, identidificados nesse processo, são a presença de representação do governo e de infra‐estrutura material. Em segundo lugar, essa transição de assentamentos de forma irregular e provisória para uma condição mais estável e formalizado não é um processo unilateral. Este processo está tomando forma através da sinergia das iniciativas locais e informais e um governo local e federal, entendido nesta pesquisa no sentido passivo‐ reativo. Em terceiro lugar, a permanência é em grande medida construída com a manutenção de uma “comunidade garimpeira” através de ligações com centros urbanos regionais. http://www.deepdyve.com/assets/images/DeepDyve-Logo-lg.png Journal of Latin American & Caribbean Anthropology Wiley

“We are all Garimpeiros:” Settlement and Movement in Communities of the Tapajós Small‐Scale Gold Mining Reserve

Loading next page...
 
/lp/wiley/we-are-all-garimpeiros-settlement-and-movement-in-communities-of-the-uGJ9YYfgJ3
Publisher
Wiley Subscription Services, Inc., A Wiley Company
Copyright
© 2018 American Anthropological Association
ISSN
1935-4932
eISSN
1935-4940
D.O.I.
10.1111/jlca.12271
Publisher site
See Article on Publisher Site

Abstract

Este artigo aborda o papel da mineração de ouro em pequena escala na urbanização da Amazônia brasileira, enfocando os processos locais em dois assentamentos de mineração na Província Aurífera Tapajós. Nossa análise revela três tendências na mudança de mobilidade para permanência. Em primeiro lugar, evidencia‐se que, ao longo dos anos, os assentamentos de mineração irregulares cresceram em aldeias formalizadas. Mobilidade e permanências temporais, características tradicionais de mineração de ouro em pequena escala, gradualmente, dá lugar a estadias mais longas em assentamentos de mineração. Fatores cruciais, identidificados nesse processo, são a presença de representação do governo e de infra‐estrutura material. Em segundo lugar, essa transição de assentamentos de forma irregular e provisória para uma condição mais estável e formalizado não é um processo unilateral. Este processo está tomando forma através da sinergia das iniciativas locais e informais e um governo local e federal, entendido nesta pesquisa no sentido passivo‐ reativo. Em terceiro lugar, a permanência é em grande medida construída com a manutenção de uma “comunidade garimpeira” através de ligações com centros urbanos regionais.

Journal

Journal of Latin American & Caribbean AnthropologyWiley

Published: Jan 1, 2018

Keywords: ; ; ; ; ; ;

References

You’re reading a free preview. Subscribe to read the entire article.


DeepDyve is your
personal research library

It’s your single place to instantly
discover and read the research
that matters to you.

Enjoy affordable access to
over 12 million articles from more than
10,000 peer-reviewed journals.

All for just $49/month

Explore the DeepDyve Library

Unlimited reading

Read as many articles as you need. Full articles with original layout, charts and figures. Read online, from anywhere.

Stay up to date

Keep up with your field with Personalized Recommendations and Follow Journals to get automatic updates.

Organize your research

It’s easy to organize your research with our built-in tools.

Your journals are on DeepDyve

Read from thousands of the leading scholarly journals from SpringerNature, Elsevier, Wiley-Blackwell, Oxford University Press and more.

All the latest content is available, no embargo periods.

See the journals in your area

Monthly Plan

  • Read unlimited articles
  • Personalized recommendations
  • No expiration
  • Print 20 pages per month
  • 20% off on PDF purchases
  • Organize your research
  • Get updates on your journals and topic searches

$49/month

Start Free Trial

14-day Free Trial

Best Deal — 39% off

Annual Plan

  • All the features of the Professional Plan, but for 39% off!
  • Billed annually
  • No expiration
  • For the normal price of 10 articles elsewhere, you get one full year of unlimited access to articles.

$588

$360/year

billed annually
Start Free Trial

14-day Free Trial