Get 20M+ Full-Text Papers For Less Than $1.50/day. Start a 14-Day Trial for You or Your Team.

Learn More →

Álvaro de Campos's Ultimatum : An Old Recipe for a New Portuguese Poetics

Álvaro de Campos's Ultimatum : An Old Recipe for a New Portuguese Poetics Abstract: Este ensaio coloca o Ultimatum de Álvaro de Campos, publicado em Novembro 1917 no primeiro e único número de Portugal Futurista, dentro do contexto histórico-literário do Ultimatum inglês de 1890 e dos ideais culturais que esta crise política provoca na geração de 70. O Ultimatum regressa a este momento e entusiasmo passados com a intenção de promover um espírito artístico e social diferente para Portugal. Através de uma análise da relação entre a génesis formal do Ultimatum e as repetidas metáforas relacionadas à comida, ou que se podia chamar o recorrente imaginário antropofágico do texto, este ensaio procura mostrar como Pessoa nos propõe uma velha receita para uma nova poética portuguesa. http://www.deepdyve.com/assets/images/DeepDyve-Logo-lg.png Luso-Brazilian Review University of Wisconsin Press

Álvaro de Campos's Ultimatum : An Old Recipe for a New Portuguese Poetics

Luso-Brazilian Review , Volume 47 (2) – Jan 30, 2010

Loading next page...
 
/lp/university-of-wisconsin-press/lvaro-de-campos-s-ultimatum-an-old-recipe-for-a-new-portuguese-poetics-Ta9pWstpK2
Publisher
University of Wisconsin Press
Copyright
Copyright © University of Wisconsin Press
ISSN
1548-9957
Publisher site
See Article on Publisher Site

Abstract

Abstract: Este ensaio coloca o Ultimatum de Álvaro de Campos, publicado em Novembro 1917 no primeiro e único número de Portugal Futurista, dentro do contexto histórico-literário do Ultimatum inglês de 1890 e dos ideais culturais que esta crise política provoca na geração de 70. O Ultimatum regressa a este momento e entusiasmo passados com a intenção de promover um espírito artístico e social diferente para Portugal. Através de uma análise da relação entre a génesis formal do Ultimatum e as repetidas metáforas relacionadas à comida, ou que se podia chamar o recorrente imaginário antropofágico do texto, este ensaio procura mostrar como Pessoa nos propõe uma velha receita para uma nova poética portuguesa.

Journal

Luso-Brazilian ReviewUniversity of Wisconsin Press

Published: Jan 30, 2010

There are no references for this article.